O que é vaginismo?

Home / Fisioterapia Pélvica / O que é vaginismo?

O que é vaginismo?

O vaginismo é uma disfunção no qual existem espasmos involuntários da vagina durante tentativas de intercurso sexual. Os espasmos são causados por contrações involuntárias do músculo do assoalho pélvico ( músculos da vagina) A mulher não controla diretamente os espasmos; é uma reação pélvica involuntária.Na maioria das vezes, ela nem está ciente que a reação do músculo está causando os espasmos ou o problema com a penetração.

No Brasil, em um estudo envolvendo 1.219 mulheres, foi observado que a disfunção sexual atinge 49% das mulheres com pelo menos uma queixa, tendo 23% relatado apresentar dor durante a relação sexual.

Os espasmos do vaginismo podem começar a causar ardência ou dor durante o intercurso sexual, também chamado de dispareunia. Em outros casos, a penetração pode ser difícil ou completamente impossível. O vaginismo é a principal causa de relacionamentos não consumados. Os espasmos podem ser tão restritos que a abertura à vagina fecha totalmente e o homem não consegue inserir o pênis.

vaginismo1

Espasmo involuntário do vaginismo – No diagrama à esquerda, os efeitos do vaginismo são ilustrados com os espasmos dos músculos do assoalho pélvico e o espasmo resultante da vagina. À direita, o assoalho pélvico não está relaxado completamente e o intercurso sexual ocorre com dor ( dispareunia)

O vaginismo e a dispareunia são considerados distúrbios de disfunção sexual. Essa condição tem várias causas possíveis, incluindo trauma ou abuso sexual no passado, fatores psicológicos ou um histórico de desconforto com a relação sexual. Às vezes, a causa pode não ser descoberta.

O vaginismo é altamente tratável e uma recuperação completa do vaginismo é o resultado normal do tratamento. O tratamento do vaginismo com bons resultados não requer medicamentos, cirurgia, hipnose ou outras técnicas invasivas complexas. Ao seguir um programa claro e fácil, o intercurso sexual prazeroso e sem dor é possível na maioria dos casais

TRATAMENTO FISIOTERÁPICO

A parte física do vaginismo pode apresentar componentes relacionados ao conhecimento corporal e consciência genital, à elasticidade da entrada do canal vaginal, bem como de incoordenação muscular – neste caso, da MAP e, em casos mais severos, das musculaturas das coxas, glúteos e adjacências.

O tratamento vai depender, portanto, do grau observado em cada componente. Exercícios de auto-conscienteização e redescoberta da sexualidade pode ser úteis para a consciência da região genital. Exercícios específicos de contração e relaxamento da MAP são fundamentais tanto para a consciência da região genital quanto para a coordenação motora local. A massagem perineal pode ser útil nos trabalhos de dessensibilização e elasticidade da entrada do canal vaginal.

Marque sua consulta.

Comments
  • Aline Alves
    Responder

    Parabéns, Quelzinha!!! Fazendo as minhas pesquisas pra aula que darei na pós-graduação, encontro o seu site com informações riquíssimas!!!

    Bjos!!!

Deixe um comentário

Digite o termo e aperte Enter para pesquisar

elderly_carePavimento-pélvico