Coloproctologia

Descubra as informações de cada especialização

Incontinência fecal

Incontinência fecal

A incontinência fecal é a perda involuntária de fezes, sólidas ou liquidas, caracterizada como incapacidade para manter o controle fisiológico do conteúdo intestinal em local e tempo socialmente adequados, levado a perda involuntária. Pode ser causa de grande desconforto, constrangimento e perda da autoconfiança, podendo interferir negativamente na qualidade de vida levando até ao isolamento familiar e social.

Ela é causada principalmente por lesões diretas nas estruturas musculares, envelhecimento obesidade, constipação intestinal prévia, doenças inflamatórias do intestino.

A fisioterapia é apontada como um dos procedimentos no tratamento dessa disfunção por ser eficaz, evitando ou retardando o processo cirúrgico. O objetivo é tonificar os músculos do assoalho pélvico, aumentando sua funcionalidade, por meio da melhora na coordenação ,força, resistência e sensibilidade anorretal. É feito por meio de técnicas manuais, uso de balonet, bioffedback, eletroterapia.

Incontinência para flatos

Incontinência para flatos

A incontinência para flatos, ou incontinência anal é a perda involuntária de gases, caracterizada como incapacidade para manter o controle fisiológico do conteúdo intestinal em local e tempo socialmente adequados, levado a perda involuntária. Pode ser causa de grande desconforto, constrangimento e perda da autoconfiança, podendo interferir negativamente na qualidade de vida levando até ao isolamento familiar e social.

Ela é causada principalmente por lesões diretas nas estruturas musculares, envelhecimento obesidade, constipação intestinal prévia, doenças inflamatórias do intestino.

A fisioterapia é apontada como um dos procedimentos no tratamento dessa disfunção por ser eficaz, evitando ou retardando o processo cirúrgico. O objetivo é tonificar os músculos do assoalho pélvico, aumentando sua funcionalidade, por meio da melhora na coordenação ,força, resistência e sensibilidade anorretal. É feito por meio de técnicas manuais, uso de balonet, bioffedback, eletroterapia.

Urgência fecal

Urgência fecal

A urgência fecal é a vontade súbita de defecar sendo difícil adiar. A fisioterapia é apontada como um dos procedimentos no tratamento dessa disfunção por ser eficaz, evitando ou retardando o processo cirúrgico. O objetivo é tonificar os músculos do assoalho pélvico, aumentando sua funcionalidade, por meio da melhora na coordenação ,força, resistência e sensibilidade anorretal. É feito por meio de técnicas manuais, uso de balonet, bioffedback, eletroterapia

Constipação intestinal

Constipação intestinal

Hoje a constipação intestinal é diagnosticado por uma série de sintomas, entre eles: grandes intervalos sem evacuar durante a semana, esforço evacuatório, sensação de que há algo bloqueando a passagem das fezes, ajuda manual para evacuar.

Isso por ocorrer devido à questões funcionais como maus hábitos comportamentais e dietéticos, posicionamento incorreto ao vaso sanitário, baixa ingestão de água, mau relaxamento da musculatura pélvica.

O objetivo é tonificar os músculos do assoalho pélvico, aumentando sua funcionalidade, por meio da melhora na coordenação ,força, resistência e sensibilidade anorretal. É feito por meio de técnicas manuais, uso de balonet, bioffedback, eletroterapia.

Contração paradoxal do puborretal

Contração paradoxal do puborretal

Contração paradoxal dos músculos do assoalho pélvico, ou em sua forma mais grave, anismo, manifesta-se por vontade de evacuar , sem a capacidade de exonerar o conteúdo retal, por mais que esforço que se faça. Geralmente é acompanhada de constipação intestinal. O objetivo do tratamento é a coordenação dessa musculatura por meio de exercícios perineals específicos, bioffedback, balonet, eletroterapia.

Digite o termo e aperte Enter para pesquisar